Saudades de ti...

terça-feira, 5 de Fevereiro de 2008

Encerrado para Balanço
"Mudam-se os tempos,
mudam-se as vontades,
mudam-se o ser,
muda-se a confiança.
Todo o mundo é composto de mudança, tomando sempre novas qualidades.
Continuamente vemos novidades diferentes em tudo de esperança; do mal ficam as mágoas na lembrança e do bem (se algum houver...) as saudades."
Camões

quarta-feira, 2 de Janeiro de 2008

domingo, 23 de Dezembro de 2007


Feliz Natal

domingo, 2 de Dezembro de 2007

O Melhor Vídeo do Ano...

Palavras para quê?

video

segunda-feira, 12 de Novembro de 2007

Os professores nunca têm razão...


"Pobre de nós professores....
Se é jovem, não tem experiência;
Se é velho, está ultrapassado.
Se não tem carro, é um coitado;
Se tem carro, chora de barriga cheia.
Se fala em voz alta, grita;
Se fala em tom normal, ninguém o ouve.
Se nunca falta às aulas, é parvo;
Se falta, é um 'turista'.
Se conversa com outros professores, está a dizer mal do Sistema;
Se não conversa, é um desligado.
Se dá a matéria toda, não tem dó dos alunos;
Se não dá, não prepara os alunos.
Se brinca com a turma, é palhaço;
Se não brinca, é um chato.
Se chama a atenção, é um autoritário;
Se não chama, não se sabe impor.
Se o teste é longo, não dá tempo nenhum;
Se o teste é curto, tira a oportunidade aos alunos bons.
Se escreve muito, não explica;
Se explica muito, o caderno não tem nada.
Se fala correctamente, ninguém entende patavina;
Se usa a linguagem do aluno, não tem vocabulário.
Se o aluno reprova, é perseguição;
Se o aluno passa, o professor facilitou.
É verdade, os profs. nunca têm razão... "

quarta-feira, 7 de Novembro de 2007

Prevenção do HIV

Um dos melhores videos que o ministério da saúde fez até hoje! Muito Bom!

CRESCER
É ser cada dia um pouco mais de nós mesmos.
É dar espontaneamente sem cobrar inconscientemente.
É aprender a ser feliz de dentro para fora.
É buscar no próximo um meio de nos prolongarmos.
É sentir a vida na natureza.
É conseguir a calma na hora do caos.
É termos sempre uma arma para lutar, e uma razão para irmos em frente.
É saber a hora exacta de parar e buscar algo novo.
É não devanear sobre o passado, mas trabalhar em cima dele para o futuro.
É reconhecer nossos erros e valorizar nossas virtudes.
É conseguirmos nossa liberdade com equilíbrio para não sermos libertinos.
É sabermos que nada nem ninguém é totalmente bom ou mau.
É exigir dos outros, apenas o que nós damos a eles.
É realizar algo edificante.
É sermos responsáveis pelos nossos actos e pelas suas consequências.
É entender que temos o espaço de uma vida inteira para crescer.
É nos amarmos para que possamos amar os outros como a nós mesmos.
É assumirmos que nunca seremos grandes,
Mas que o importante é estarmos sempre em crescimento." Autor desconhecido

domingo, 28 de Outubro de 2007

O Divórcio

"Os números são surpreendentes e dão que pensar sobre uma instituição que muitos dizem estar em desuso: o casamento. No conjunto dos países que formam a União Europeia formaliza-se um divórcio a cada 33 segundos. Feitas as contas, são quase um milhão de rupturas matrimoniais por ano.

O divórcio é a suspensão da convivência conjugal com motivos bem definidos que originam ruptura no seio de um casal. As tragédias da vida conjugal costumam povoar a rotina comum e a melhor forma de explicar esses desequilíbrios é invocar a incompatibilidade dos temperamentos, os desencantos da vida íntima ou as excessivas aflições domésticas."

Eu tenho casos de divórcio na família... Jovens casais que se separam com menos de dois anos de casamento... Podemos compreender que entrar com um pedido de divórcio não é uma atitude fácil e, apesar de muitas vezes ser a melhor solução, existe outras tantas em que poderia ter sido evitado se para a resolução dos problemas tivesse existido o diálogo e a compreensão.

sábado, 27 de Outubro de 2007

Filipe...


Chegou a hora de te afastares do grupo e da Joc. É com muita pena que te vemos "partir"... Já estamos com imensas Saudades tuas... Esperamos que nunca te esqueças de nós... pois, mesmo ausente, tu terás sempre um lugar muito especial no nosso coração...

Obrigada...

Pela alegria que sentimos quando estamos contigo...
Por nos fazeres sorrir...
Por nos teres ajudado a crescer…
Por nos teres aceite com os nossos defeitos e por saberes também, elogiar as nossas virtudes..
Por nos ensinares que a cada dia podemos sempre recomeçar...

Por nos fazeres acreditar que somos capazes...

Por nos fazeres sentir alguém diferente...

Por nós sabermos que poderemos contar sempre contigo...
Por seres persistente e continuares na batalha, ao nosso lado...
Muito obrigado pela paciência e compreensão que possuis quando estás connosco.
Tu és simplesmente alguém que nos ensinou a ver a vida com outros olhos. Ajudaste-nos a dar um rumo às nossas perturbações e preocupações e encheste de alegria os nossos dias. Ofereceste-nos o teu ombro amigo, sem pedir nada, simplesmente a nossa amizade.
Não sei como te recompensar. Posso apenas dizer-te Obrigada… Oferecer-te o meu sorriso verdadeiro, a minha amizade sincera e dizer-te que, quando precisares de alguém, chama por mim e eu virei com toda ternura do mundo para te dar a minha vida, se for possível.

Um Beijinho do tamanho do mundo só para ti…

segunda-feira, 15 de Outubro de 2007

Shania Twain - Man! I Feel Like a Woman

Uma música intemporal... Simplesmente FANTÁSTICA!!!...

sábado, 6 de Outubro de 2007

O Gang da Vassoura Verde ...

Carla - Filipe - Ricardo - Nelson


ATENÇÃO - Gang organizado anda ainda a monte…

A noite começou com um jantar em grupo seguido de um café num local bastante aprazível. Mas… o destino principal era, sem dúvida, a festa de “S. Miguel”. A diversão dos carinhos de choque, do canguru, dos aviões e de outros carrosséis fizeram as delícias da noite. Como eu não sou nada apreciadora deste tipo de diversões, decidi que ia para casa e não prolongaria a minha noite na festa. Claro que esta minha decisão não foi do agrado do grupo, pois estavam “preocupados” que eu tivesse medo de ficar em casa sozinha. Isto porque este fim-de-semana os meus pais não se encontram em casa. Claro que a Marta, destemida, disse logo prontamente que não sentia medo de nada.

Cheguei a casa e ainda estive quase duas horas a ver televisão… Quando me preparava para deitar oiço um barulho estranho. Ao ouvir o segundo barulho fiquei assustadíssima. Acordei a minha irmã que tinha chegado a casa, da festa, à pouco tempo mas que já se encontrava a dormir. As duas, em casa, sozinhas e com um possível assaltante… Ai, que medo senti!!!...

O barulho aumentava e vinha de várias direcções, o que nos levou a pensar que este assaltante não estava a actuar sozinho. Abrindo a janela do quarto viu-se a sombra de um homem com uma vassoura, o objecto usado para bater nas portas e janelas da casa. Estaríamos nós perante um gang organizado?!! Sem mais demora, resolvemos telefonar para o namorado da minha irmã para que nos viesse salvar. Mal chegou… tirou do seu carro um cinto grosso e uma moca para se poder defender dos assaltantes… Eu estava aterrorizada e nem conseguia acreditar no que me estava a acontecer. Parecia um filme de terror…

Ainda bem que não foi preciso o uso da violência… pois descobrimos que do suposto Gang faziam parte quatro caramelos (do grupo), bem conhecidos e dispostos a tudo para me amedrontar. Desde já lhes digo que esta brincadeira podia ter corrido muito mal.

O susto de noite terminou com um chazinho, vindo directamente dos Açores. Se eu tivesse coragem tinha-lhes colocado laxante no chá, para que não voltassem a aprontar-me mais uma destas.

Mas ELES que não esperem pela demora… A Martinha vai preparar-lhes uma pequena vingança… Aguardem para ver!!!... "A vingança é um prato que se serve frio..."

quinta-feira, 4 de Outubro de 2007

"É outono... a mágica estação do ano em que a natureza revela um especial esplendor.
Um tapete amarelo-avermelhado espalha-se nos meus pés...
...por onde sigo pisando tão calmamente, como num caminho perfeito,
num vagar calculado, com o firme propósito de saborear esses momentos
de pura e encantadora magia..." Verlaine

"A folhinha, finalmente, repousa sobre o chão. De repente, não a percebo mais; ela misturou-se aos infinitos outros pontos amarelos do chão de outono... entregou-se ao seu inevitável destino de participar do processo de transformação da natureza, para um dia retornar em alguma paisagem, como a lembrar-me que...


...a vida se move em ciclos
de fazer e desfazer,
que sentimentos arrefecem,
que ardentes paixões esfriam,
que toda glória é efêmera...
mas que os ciclos favorecem
o renascer da esperança-
-e esse, sim, é duradouro... é eterno
em todos os corações humanos..." Oriza Martins